sábado, 7 de julho de 2018

Leituras de Junho

Saudações, ilustres visitantes!

Eu gostaria de ter lido mais neste mês, mas o clima chuvoso me fez perder um pouco a vontade. Pode parecer frescura, mas não me sinto bem lendo em tempos de umidades, simplesmente porque deixa as folhas das revistas onduladas.


Tom Sawyer - Não, não é sobre o livro "As Aventuras de Tom Sawyer", trata-se de um mangá. Está classificado como shoujo, mas de shoujo só tem os traços mal acabados onde os personagens se confundem com o cenário. Fora isso é uma história de férias de verão. Tudo começa quando Haru volta para cidade logo após a morte da mãe. Logo ela conhece um menino travesso, o Hiro e juntos vivem aventuras como brincar de piratas e investigar um assassinato. Ainda não tenho opinião formada sobre esse mangá. Talvez eu precise ler de novo.

Dr. Slump - vol. 6 - OIhe para o seu quarto... Se você acha que ninguém te supera em porquice e desorganização, lhe apresento a editora Panini! Que vem lançando mangás ruins e ainda inacabados com papel bom, e nos empurra este clássico em papel jornal... Vai entender. Neste volume temos personages novos, o diabinho que adora explodir coisas, e o rival do Dr. Sembe. Nota 9.

Fullmetal Alchemist - vol. 19 - De todos os mangás que estou lendo, FMA é o que possui a melhor história. Existe uma trama, você se surpreende com as revelação, há momentos divertidos e há momentos dramáticos. Neste volumes é mostrada a origem e o passado do Hohenheim e qual a sua relação com o pai dos homúnculos, explicando o porque dos dois serem parecidos. Enquanto isso, Kimbley e seus soldados continuam na captura de Scar, tendo a Winry se fingindo de refém para que o vilão não suspeite que os irmãos Elric os tenha ajudado. Tudo isso debaixo de muita neve e explosões alquímicas. Nota 9,5.

Justiceiro - Nº 7 - Eu precisava me atualizar um pouco sobre o personagem. Gostei de ver o Demolidor com um uniforme diferente. A história se inicia com o Matt Murdock mandando um prisioneiro para ser julgado em outro estado. O Justiceiro tenta matar o detento, mas aí é impedido pelo Demolidor. Aí acontece aquela velha discussão: um quer fazer justiça do jeito burocrático, prender e mandar para julgamento e o outro do jeito mais eficiente: um tiro na testa. E é isso, no final após perseguições de carros e troca de socos, sim vou contar o final! O Demolidor consegue fazer o bandido embarcar no avião para ser julgado. Nota 6,5.

Lanternas Verdes - Nº 14 - Continuando a edição passada... Os Lanternas Jessica e Simon continuam presos no passado e tentam treinar os "primeiros lanternas". Na segunda metade da revista, que é a história que realmente importa, Órion é perseguido por um golém. Este ser não desistirá até que ele esteja morto, para isso eles armam um plano arrojado junto dos lanternas. E na busca de ajuda a um dos novos deuses velocista, Hal Jordan mostra porque é o Maior Lanterna Verde de todos! Nota 8.

Disney Especial - Os Futebolistas - Já que estamos em clima de Copa do Mundo, nada mais conveniente do que passar na banca e comprar uma coletânea com histórias sobre futebol. Boa leitura para quem quer fugir da rotina dos mangás e HQs. Nota 7,5.

segunda-feira, 25 de junho de 2018

[Desenho] Loki

Saudações, ilustres visitantes!!!

Quanto tempo, não?
O que temos pra hoje? O vilãozinho mais querido da Marvel. O deus da trapaça, Loki. Embora nos filmes seja apresentado de forma cômica. Lembre-se de que ela é a inveja em pessoa, ou melhor, a inveja na forma de um deus.
Filho dos gigantes de gelo, foi levado por Odin e criado como seu filho. Desde sempre, já nutria uma rivalidade pelo loirão do martelo, herdeiro legítimo do trono de Asgard. Não sou fã de vilões, nem costumo dar moral para eles. Mas como é um personagem até cativante (nos filmes, por que nas HQs é um f.d.p.) creio que ficará lindo.

O processo é o mesmo dos desenhos anteriores que eu fiz, como podem ver:
Rascunho inicial, já apagadas as linhas excedentes. 

Começando os desenhos de um lado e indo até o outro (como se fosse o scanner de uma máquina de fotocópia)


Loading... 50%


Materiais usados:
Sulfite A4 branco (obviamente)
Lapiseira 0,5 com grafite 2B
Esfuminho

Então, por enquanto é isso. Espero que tenham gostado. E não se esqueça de deixar o seu comentário. Críticas e elogios serão bem aceitos e devidamente respondidos. ^^

quarta-feira, 13 de junho de 2018

Leituras de Maio

Saudações, ilustres visitantes!

"A prefeitura de Peruíbe é o lugar na cidade que possui a maior concentração de F.d.P. por metro quadrado, sem contar a Câmara de Vereadores. Lá a conta é por metro cúbico".
- Padre José de Anchieta

Se ele falou, está falado!

Fico a me perguntar, como será que estão vocês? Brincadeira, fico nada, eu tenho mais o que fazer! Tanto que quase não teve postagem no mês de maio. Então fique agora com um pouco do que eu li nesse período... E seu puder, me ajude a liberar um espacinho na minha estante. 




Mangás

One Punch Man - volumes 2 à 11 - Tá aí um mangá que eu vou largar. Talvez eu continue acompanhando por scans para poupar uma graninha. A arte é sensacional, os enquadramentos, as cenas de ação e tudo mais, a leitura flui e não fica se arrastando. Porém, é sempre a mesma coisa: surge um monstro, os heróis de classe mais baixa levam uma surra depois de enfrentá-lo. E no final quem aparece para resolver tudo com um golpe só? O careca de capa!
* A quem se interessar, estou vendendo os 11 volumes. Encontram-se ótimo estado. R$ 10,00 cada. Nota 8.


HQs

Power Rangers - Ano Um - Aqui está uma leitura que teve apelo na memória afetiva. A arte é simplista, sendo às vezes complementada pela colorização. A história já começa com o ranger verde, Tommy, tentando se encontrar nos Power Rangers. Visto que ele era uma criação da vilã Rita Repulsa e não tem ainda total confiança no grupo. Esses conflitos deixaram o enredo mais sério, se compararmos com a série televisiva. Nada muito excepcional, mas eu gostei. Nota 7,5.

Disney Big Nº 50 - Fazia tempo que eu não lia histórias da Disney. E como isso é bom! Nessa publicação estão reunidas diversas histórias de diversos personagens. Algumas ótimas, outras nem tanto. E sendo desenhada por vários artistas é natural que algumas artes não agradem. Uma leitura que serviu para relembrar da infância. Nota 7.

Lanternas Verdes - 14 - Não vou nem comentar muito sobre a primeira parte da revista, só vou dizer que os lanternas de meia tigela estão se ferrando e eu estou adorando isso. Na segunda metade da revista, temos o desfecho do arco "Fratura". Na qual a união das tropas Verdes e Sinestro é desfeita. No meio do conflito Guy Gardner e Arkillo recusam-se a se enfrentar após se tornarem amigos. Nota 8,5.

terça-feira, 15 de maio de 2018

Leituras de Abril

Saudações, meus ilustres visitantes!!!
Como estão vocês? Não estão nem aí, né?
Eu também não ando muito animado para fazer postagens... Inclusive esta era para ter saído no início do mês.



Mangás

One-Punch Man - volume 1 - Li esse mangá sem muita expectativa. Eu já sabia mais ou menos o que esperar dele. É divertido e tem uma arte sensacional. Surge um vilão qualquer barbarizando a cidade, em seguida aparece Saitama e acaba com a graça com apenas um golpe. Repetitivo mas a gama de monstros tira um pouco a monotonia. Nota 8

Dr. Slump - volume 5 - Segue mantendo o nível de humor nonsense no melhor estilo Akira Toriama. Destaco alguns capítulos que gostei, a Pinoko virando rebelde e fugindo de casa, e o Sembe usando os olhos da Arale para tentar (ênfase no tentar) espiar a professora Yamabuki. Nota 9

Fullmetal Alchemist - volumes 17 e 18 - Nestas edições novo homúnculo aparece na fortaleza de Briggs, os irmãos Elric colaboram com a General Armstrong se fingindo de prisioneiros na durante a visita de um figurão do exército. Um flash back do Hohenheim dá pistas do motivo dele ter abandonado sua família;
Na segunda leitura de FMA, Kimbley sequestra Winry para forçar Ed a ajudá-lo na busca pelo Scar. A 1ª Tenente Hawkeye descobre algo assustador sobre o filho do King Bradley. A cada leitura surge um fato novo e algumas peças vão se encaixando na história. Nota 9,5

Jaco, O Patrulheiro Galáctico - Outra obra do mestre Akira Toriama! A nave de Jaco cai na terra, ele está vindo para conter uma ameaça. Que ameaça é essa? Trata-se do pequeno Goku. Nota 8


HQs

Lanternas Verdes - 13 - Já mencionei que eu odeio os lanternas de meia pataca Simon e Jéssica? Apesar disso, a história envolvendo Volthoom, o primeiro lanterna, está sendo interessante de acompanhar. A segunda metade da revista é melhor ainda! Um pirata espacial descobriu que um lanterna verde matou um lanterna amarelo. E está ameaçando usar isso para obter vantagens. Enquanto isso, Soranik faz autópsia em Sarko e descobre que ele era filho dela com Kyle no futuro. Esses foram o estopim para por fim à união das tropas Verdes e Sinestro. A próxima edição promete! Nota 9

Coleção Histórica Marvel: Torneio de Campeões - Me arrastei um pouco para ler esse encadernado. Muitos personagens antigos da Marvel que eu não conhecia dão as caras. Na primeira história o mundo é mantido em animação suspensa e alguns super-heróis são escolhidos para um jogo, divididos entre time Grão-Mestre e time Morte. A segunda história começa com os Vingadores jogando beisebol com os Vingadores da Costa Leste (só podia ser coisa dos anos 80). Novamente se tornam peões no jogo do Grão-Mestre, mas desta vez o local de combate é o mundo dos mortos. Nota 7,5

Batman/Flash - O bótom - Ouvi dizer por aí que era preciso ter lido Watchmen, Universo DC Renascimento ou ter assistido o desenho da Liga da Justiça - Ponto de Ignição, para entender melhor esse encadernado. Bom, eu já havia lido o one-shot do Renascimento e assisti a animação. Achei muita frescura em cima do bótom, encontrado pelo Batman na caverna. A melhor parte da história é o encontro do Bruce Wayne com seu pai Thomas, que em outra linha temporal foi quem sobreviveu e se tornou o Batman. Quase me fizeram suar pelos olhos... Tudo isso, só para no final mostrar a porcaria do bótom voltando para as mãos de uma figura misteriosa, que parece ser o Dr. Manhattam. Nota 7,5

segunda-feira, 30 de abril de 2018

Onde comprar mangás e HQs

Saudações, ilustres visitantes!

Ninguém melhor do que nós mesmos para saber dar valor ao nosso rico dinheirinho. Por isso a postagem de hoje é sobre os sites onde eu faço as minhas compras. Como não estou recebendo nada das referidas lojas, me sinto livre para elogiar e descer a lenha também.
Todos os comentários são sobre as lojas onde eu tive experiência de pelo menos uma compra. E felizmente a maioria foi positiva.
Se você pretende começar uma coleção seja lá do que for, procure informações, reviews, se aquela obra é do seu gosto, quantos volumes tem, se já foi concluída, etc. Para depois não se arrepender. Mas se você já começou uma coleção, talvez este post lhe seja útil. ^^

Então vamos ao que interessa...

Essa foi a primeira loja onde eu comecei a comprar livros, posteriormente mangás e HQs. Pontos Positivos: O valor dos descontos variam de acordo com o dia e horário. Não tem lógica. Por exemplo, você pesquisa um produto pela manhã e o encontra com 30% de desconto. À tarde você pesquisa pelo mesmo e ele está com 10% de desconto. O importante é que independente do valor, sempre há desconto! Seja ele progressivo, ou através de cupons. Os produtos são embalados em caixas, geralmente com saquinhos de ar em volta. Entregas feitas dentro do prazo.
Fique esperto: Se encontrar algum produto barato demais e for o último do estoque, desconfie! Eles podem estar te vendendo algo sem lacre, com aparência de velho, ou aqueles livros que são jogados de uma lado a outro e ficam com amassados e arranhões.
Obs.: Por alguma razão, ainda nebulosa, os mangás da Panini estão descontinuados no catálogo da Saraiva desde o final de 2017. Por exemplo: Lobo Solitário já está no volume 7 e o site parou de vender no volume 4.
Voltaria a comprar? - Sim!

Alfatech (Franca/SP)
No ano passado eu estava procurando um site onde eu pudesse encontrar os primeiros volumes de Beelzebub, já que estava difícil no site da Panini. E acidentalmente eu caí no site dessa loja. Eles oferecem descontos fixos de 10% nos seus produtos, se o pagamento for por meio de depósito bancário o desconto é de 15%. Dependendo da quantidade de mangás o frete é compensado pelos descontos.
Os produtos são enviados dentro de uma caixa de papelão e quando sobra espaço ficam sambando lá dentro. Mas nunca tive problemas de receber mercadoria avariada.
Voltaria a comprar? - Sim!

Essa loja possui um grande acervo, incluindo HQs e mangás, tanto novos como antigos. Todos os produtos são vendidos com descontos, que variam de 10%, 20% e 30%. Apesar do visual simples, o site é bastante prático. Permite fazer busca por editora, desenhista, universo, etc. O Mercado do Gibi não tem loja física, isso se deve ao fato do dono ser militar e mudar sempre de local. Este é um fator que pode influenciar no valor do frete. Até o momento fiz só uma compra de teste e os produtos chegaram em bom estado, vindos de Brasília.
Voltaria a comprar? - Sim!

Minha segunda loja favorita. Por ser do litoral a compra chega em no máximo uma semana. Os produtos possuem descontos de 5% e 10%. Se a compra for de mangás em pré-venda melhora um pouco, 15%. Os mangás são enviados pelos correios, mas são bem embalados, protegidos com plástico bolha. Mandam sempre de brinde um marcador de página.
Voltaria a comprar? - Sim!

Mirane Comics (São Paulo/SP)
Tive apenas três experiências nessa loja. E infelizmente desconto apenas na Black Friday (de 40% a 50%). Os produtos da loja são vendidos pelo preço de capa mesmo. Possui uma boa variedade de HQs e mangás, disponibiliza com rapidez os lançamentos. A loja embala muito bem a compra e ainda manda de brinde marcadores de páginas e saquinhos plásticos correspondente a quantidade de mangás/HQs comprados.
Voltaria a comprar? - Sim! Se for algo que eu queira muito.


Talvez a única loja online que pode bater de frente com a Saraiva em matéria de descontos. O ponto negativo é ser a infeliz que não aceita pagamento por boleto. Você pode pagar no débito (se o seu cartão for da Caixa, nada feito), ou pagar com o cartão de crédito. Mais informações sobre pagamento clique aqui. Há uma monte de "youtubers" de HQs que fazem propaganda da Amazon. Quando tem desconto são os primeiros a anunciá-los. A dica que eu dou é não ir na onda e comprar por impulso. Escolha o que você quer e fique monitorando o preço até aparecer com um bom desconto.
Até o momento fiz apenas uma compra no site. Chegou antes do previsto, só a embalagem que eu achei simples demais. Os livros chegaram sambando dentro da caixa. 
Voltaria a comprar? - Sim!


TOME CUIDADO!

Rika Comic Shop (São Paulo/SP)
Diferente das outras, esta é uma loja que compra e revende produtos usados. Há uma variedade enorme de quadrinhos e mangás. Porém, em uma pesquisa antes de arriscar, foi possível encontrar várias reclamações sobre o atendimento da loja (tanto físico quanto on line). Fiz duas compras no site, a primeira não tive problemas. Mas a segunda, que fiz durante a Black Friday, levou quase um mês para eu receber. Só vale a pena se estiver a procura de uma edição para completar a coleção. Porque tem muita coisa barata, mas também tem muita coisa com o preço superfaturado.
Voltaria a comprar? - Talvez. Se for um ítem barato e que valha a pena o risco.


Submarino (e suas lojas parceiras)
Evite comprar de lojas parceiras do Submarino, como a Sintomática e LT2 Shop. Ambas são campeãs de reclamações no Reclame Aqui. Por experiência própria, comprei dois mangás como teste, me enviaram apenas um dos ítens. E se você não correr atrás, eles não avisam nada e você fica no prejuízo. Se o livro/mangá/HQ que você quer comprar for vendido e entregue pelo Submarino, OK. Mas se for vendido por alguma loja parceira, ainda que tenha algum desconto, pode esquecer. É dor de cabeça na certa!
Voltaria a comprar? - Não!


FUJA!
Mercenários Livres
Comprei mangás apenas uma vez no Mercado Livre, isso porque os encontrei ainda com o preço de capa. Mas isso foi uma exceção. O maioria dos vendedores vendem com o preço inflacionado. Quando o ítem se esgota em outras lojas, aí que a coisa fica feia. Os infelizes colocam preços absurdos. Ainda tem a pachorra de colocar na descrição do produto como "raro". Não! Raro é encontrar uma HQ do Superman da década de 50. Um produto lançado há poucos anos pode até estar esgotado, mas não é raro! Eu gostaria muito de ter Lanterna Verde - Guerra dos Anéis, mas não estou disposto a pagar 120 temers numa edição com menos de 200 páginas. Eu prefiro ler scans e aguardar o relançamento.
Voltaria a comprar? - Não! Nunca! Jamais!

Conclusão:
Se o seu foco é desconto, os mais indicados são a Amazon e a Saraiva. Mas se estiver procurando algo para completar a coleção, um volume de mangá lançado há um tempo atrás, recomendo Multiverso, Alfatech e o Mercado do Gibi.
Caso você conheça outra loja, com bom preço, bom acervo, ou pelo menos com um bom atendimento, comente abaixo.

quarta-feira, 18 de abril de 2018

Leituras de Março

Saudações, ilustres visitantes!
Como estão vocês?
Aqui estou eu com mais uma postagem atrasada... Mas enfim. Vim compartilhar um pouco do que eu andei lendo no mês passado. Espero que lhe seja útil, como uma referência, caso tenha a intenção de ler algo dessa lista.



Mangás
Dr. Slump - volume 4 - Mantendo a mesma pegada dos volumes anteriores. É uma leitura descompromissada. Recomendado para quem gosta de ler sem aquela preocupação de saber o que vai acontecer no volume seguinte. O melhor da arte e humor no estilo Akira Toriama. Nota 9

Assassination Classroom - volume 5 - O mangá é ótimo. O anime idem. Mas eu não me sinto motivado a ler. Mas nesse volume vale destacar um capítulo que não foi animado. Bitch sensei leva um tombo e desmaia. Koro sensei a outro aluno (Sugaya) acabam por tatuá-la inteira. Nota 7,5

Inuyashiki - volume 5 - Shishigami continua foragido da polícia. Está abrigado na casa da Shion. Alguns valentões de internet acabam divulgando o endereço da mãe de Shishigami, e esta, acaba cometendo suicídio. Cheio de ódio, ele decide matar um por um cada um dos haters. Lá no meio do mangá ele conversa com a Shion e decide matar a população do mundo inteiro. Mas ela o convence a desistir dessa ideia. Nota 8,5

Fullmetal Alchemist - volume 16 - Fazia uns 3 meses que eu não lia FMA, esperando o preço baixar na Saraiva. Então acabei me perdendo um pouco na história. Neste volume o Ed conhece a General Armstrong, irmã do Major Armstrong. Mas ela não é simpática quanto o irmão. Kimbley é solto da prisão, a mando do Führer, e enviado para capturar Dr. Marco, foragido ao lado de Scar. Nota 9,5


HQs
Fábulas - Para Sempre: Protocolo Pandora - Quando peguei esse encadernado não esperava muita coisa. Eu apenas queria ler algo do selo Vertigo. O protagonista da história é o filho do Lobo (o lobo mau, dos três porquinhos) com a Branca de Neve. É isso mesmo. Só que a história tem uma pegada adulta. Envolve espionagem e magia, temas que não sou muito habituado a ler. Então eu gostei! Nota 8

Lanterna Verde Anual - Apesar do nome, este encadernado trás a Tropa Sinestro. Quando uma espécie de seita que busca suprimir todas as emoções do universo se dirigem à Terra, quem poderá defendê-la? Os Lanternas Verdes? Não, eles estão perdidos no espaço. Os "herois" aqui são a Tropa Sinestro, liderada pela Soranik Natu. Para ajudar no quebra-pau, alguns personagens como Mulher Maravilha, Adão Negro e Superman ganham anéis amarelos. Não espere muita coisa. É apenas legalzinho. Nota 7

Deadpool Clássico - vol. 5: O Salvador - Não sou muito fã do personagem, acho-o tão forçado quanto a Arlequina. Mas como eu gostei do filme... nesta edição há alguns elementos usados no filme nele. Porém, os experimentos que transformaram Wade Wilson são mostrados em flash backs. Aqui temos Al, a ceguinha, Francis (aquele inimigo do filme) caçando Deadpool. Vale a pena se você for fã do personagem. Nota 7,5

Lanternas Verdes 11 e 12 - Finalmente os "aspiras" Simon e Jessica são chamados para um treinamento no planeta Mogo. Como era de se esperar sofrem um pouco no começo, mas acabam passando no teste. Na segunda metade das revistas tem o pequeno arco "Prisma do Tempo". As tropas dos Sinestro e Lanternas Verdes estão trabalhando junto. Sarko, o vilão vindo do futuro, surge disposto a acabar com a união das duas tropas. A história conclui com um final triste para Kyle Rainer. Nota 9

O Evangelho Segundo Lobo - Esse encadernado reúne as histórias "Lobo - Biografia não autorizada" e "Lobo está morto". Se o Deadpool é uma sátira ao Exterminador, o Lobo é uma sátira ao Wolverine. E cá entre nós, o Lobo é engraçado naturalmente. A arte grotesca combina com o humor negro das histórias. No primeiro arco, alguém escreveu um livro contando os podres do Lobo. Ele é chamado pela Legião para escoltar uma pessoa até a prisão em um setor distante do espaço. E essa pessoa é nada mais, nada menos que sua professora do primário, justamente o ser que teve a audácia de escrever a biografia do Lobo. Na segunda história o czarniano finalmente encontra um adversário à sua altura capaz de matá-lo. E por alguma razão inexplicada ele vai para no céu. E lá instaura o caos, não restando aos governantes do paraíso outra opção a não ser reencarná-lo. Mas alguma coisa da errada e ele volta na forma de mulher.  Nota 9,5

sábado, 14 de abril de 2018

[Desenho] Capitão América

Saudações, ilustres visitantes!
I.N.D.Q. completou 2 anos de existência! Não tive tempo ainda de preparar uma postagem especial, mas certamente farei algo diferente ao longo do ano. AGUARDEM!

Agora vamos à postagem de hoje...

Em se tratando de filmes de super-heróis, a Marvel, sem dúvidas, está à frente da sua concorrente (não preciso dizer quem é). Antes que alguém venha me rotulando de "marvete", vamos deixar claro alguns fatos atualmente: A DC está melhor nas HQs. A Marvel andou enfiando os pés pelas mãos tentando agradar os mimizentos que não lêem quadrinhos, tampouco compram as mensais. Foi uma cagada atrás da outra. O que dizer da "jegnialidade" de transformar o Capitão América em agente da Hydra? Enquanto que a DC soube trabalhar a moda da "diversidade" de forma natural, sem tornar muito chato ou muito forçado. 
Mas os filmes... Batman vs Superman foi uma salada indigesta, pegaram sagas das HQs "Batman - o Cavaleiro das Trevas", "A morte do Superman" e colocaram lá no meio um Lex Luthor que mais parecia o Coringa. Esquadrão Suicida foi outro fiasco, uma história fraca, um coringa com cara de funkeiro. Em Mulher MaravilhaLiga da Justiça deram uma melhorada, porém, ainda assim é pouco perto do que os personagens representam.
Nos últimos anos a Marvel se não foi aquela maravilha toda, ao menos lançou bons filmes. Na minha opinião, vale destacar Deadpool, Logan (que eu não gostei, mas acho um bom filme), Guardiões da Galáxia e Capitão América - Guerra Civil (que apesar de não chegar perto da HQ, manteve a ideia da discussão).

Escolhi a imagem do Steve Rogers com o uniforme utilizado em "Vingadores: A era de Ultron".
Devido a um erro acidental com meu celular acabei perdendo as imagens das etapas iniciais do desenho.

Foi um desenho descompromissado? Foi. Até acho que eu poderia ter caprichado mais, principalmente no fundo.

Materiais usados:

- folha A4
- lapiseira 0,5 com grafite 2B
- esfuminho











E então o que acharam? A ideia era falar do desenho, mas eu não me contive e me vi tentado a fazer alguns comentários sobre os filmes. Se você concorda, ou discorda de alguma coisa, comente abaixo.